E agora o Blog da Loris se rendeu aos Encantos do Mundo Árabe e às suas delícias! E sabia que dá pra fazer todos os pratos de forma bem mais leve, aproveitar os benefícios dos ingredientes e continuar de dieta? Não precisam ser mil e uma noites, mas uma você pode preparar uma bela refeição Árabe e enfeitiçar todo mundo com este sabor único!

A Culinária árabe é um termo que define as diversas culinárias regionais existentes por todo o Mundo Árabe, do Iraque ao Marrocos passando pelo Egito e pelos países do Levante, entre outros. Também foi influenciada pelas culinárias vizinhas, como da TurquiaPaquistãoIrã e Índia, além dos hábitos alimentares de outros povos e culturas que habitavam estas regiões antes do processo de arabização cultural empreendido pelos árabes durante a chamada expansão islâmica. No tempero tem muita hortelã, tomilho, açafrão da terra, menta, gergelim, suco de limão, alho, salsa, amêndoas, pistaches e até romã. A dica é não ter medo de fazer as misturas, e como eu sempre digo, quanto mais você tempera, menos precisa salgar. Isso significa obter o máximo de sabor e o mínimo de sódio para a comida.

As duas primeiras receitas do Menu Árabe Fit serão o Tahine Caseiro (Pasta de gergelim) e o Babaganouj Light.

Receita do Tahine:

tahine

Gergelim branco e depois batido ou processado para o Tahine

  • 1 copo de 200 a 250ml de gergelim branco
  • Suco de 1 limão dissolvido em 1 xícara de chá de água quente
  • 1 colher de chá de azeite de oliva extra virgem
  • 1 pitada de pimenta Síria ou Branca
  • 1 pitada de sal

Preparo: É só bater tudo no liquidificador e você pode servir com torradas integrais.

Agora o Babaganouj!

  • 2 berinjelas. Para ver o tantão de benefícios que tem a berinjela clique  AQUI !
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 colher (sopa) do nosso tahine caseiro recém preparado
  • 1 colher (sopa) de azeite de oliva extra virgem
  • gotas de limão e tomilho a gosto
  • salsinha picada ou sementes de romã para decorar

Preparo:

Remova a ponta da berinjela e lave-a. Coloque-a no forno ou sobre a boca do fogão a gás. Eu usei o meu próprio fogão, com um apoio que veio no microondas e jeitinho que está na foto. Ou se você não tiver este apetrecho, espete no garfo e vá segurando pra grelhar. Deixe em fogo médio até que fique com a casca murcha e completamente macio. O tempo para o cozimento da beringela vai depender do tamanho dela. Eu usei 2 grandes. Se você puder usar a beringela japonesa será melhor, pois costuma ser menos adstringente e ser mais fininha, proporcionando um cozimento mais rápido!

Assim que retirar do fogo, jogue a berinjelas numa vasilha com água fria para acelerar seu resfriamento e para que você possa mexer logo nelas.
Abra a casca, retire a polpa com o auxílio de uma colher, depois processe-a junto com o dente de alho. 
Coloque a polpa batida num potinho.
Agora acrescente o tahine caseiro, o azeite, o limão e sal a gosto (menos de 1/2 colher de café – cuidado para não salgar).
Mexa tudo muito bem com uma colher.
Decore com salsinha picada ou algumas sementes de romã e…
Bom apetite!!!

babaganouj