Se você sente ou conhece alguem que esteja sentindo uma dor aguda no punho que atrapalha as atividades de apoio e está distanciando os seus resultados, leia esta matéria até o fim!

O cisto sinovial na mão é um tipo particular de “bolinha” ou aumento de volume localizado, que surge próximo a uma articulação ou a um tendão.

É similar a uma bola plástica cheia de um líquido espesso. Ele pode ser duro ou de consistência gelatinosa, pode ou não ser doloroso, e pode aumentar ou diminuir de volume espontaneamente.

Pode também ser chamado de cisto mucoso quando localizado na articulação distal dos dedos próximo a unha.cisto 2

As principais causas são:

Normalmente as articulações e tendões são lubrificados por um líquido especial que preenche pequenos compartimentos.

Às vezes devido à artrose, traumatismo, sobrecarga ou mesmo sem nenhuma razão, um vazamento ocorre, proveniente destes pequenos compartimentos.

Quando usamos as mãos em atividades normais, nossas articulações comprimem e criam grande pressão nestes espaços lubrificados preenchendo cada vez mais estes cistos.

Estes líquidos lubrificantes contêm proteínas especiais que os fazem espessos, fazendo com que nosso corpo tenha muita dificuldade em absorvê-los.

O corpo tenta absorver estes líquidos, mas consegue apenas absorver sua água tornando o cisto mais e mais espesso.

Os locais mais comuns para o aparecimento dos cistos são:

  • O dorso do punho, e também na frente do punho.

 

  • A base dos dedos em sua superfície palmar sobre a bainha do tendão flexor (cisto de polia)

 

  • Na ponta dos dedos sobre as articulações distais perto das unhas, onde é chamado de cisto mucoso. Estes são usualmente causados por osteoartrose das articulações inter-falângicas distais.

 

diagnóstico dos cistos é usualmente realizado através do exame clínico, mas eventualmente pode ser necessária a realização de exames subsidiários

cistos3

TRATAMENTO

 

O tratamento depende dos sintomas experimentados por cada pessoa, pois mesmo com a presença do cisto sinovial articular ou da bainha dos tendões, estes podem ser assintomáticos.

Em casos de dor aguda pode ser utilizado gelo local por 15 a 20  minutos no local de dor, bem como uso de antiinflamatórios.

Pode ser confeccionado um “splint” ou órtese que imobiliza exclusivamente a articulação acometida proporcionando suporte e repouso.

Se o cisto é sintomático, ou sua aparência é inaceitável ao individuo, outro tratamento deve ser recomendado.

Inicialmente o médico ortopedista pode aspirar ao conteúdo do cisto e aplicar uma injeção de cortisona.

Este tratamento funciona melhor nos cistos tendinosos do que nos articulares.

 

Quando este tratamento não é efetivo, pode ser indicada uma intervenção cirúrgica com a remoção completa do cisto. A recuperação completa pode variar de dois a quatro meses. Os cistos podem retornar após sua remoção ou outro cisto pode aparecer adjacente à área operada.

Os cistos sinoviais dorsais ou volares do punho podem ser removidos através de vídeocirurgia artroscópica, onde através de pequenos orifícios uma pequena ótica é introduzida no dorso do punho e o cisto removido com auxílio de mini-instrumentos.

O tratamento fisioterápico tem resultados excelentes neste tipo de cisto, melhorando e proporcionando alivio aos individuos.

cisto 01

Sou Dr. Anderson Kirihara, Fisioterapeuta, responsável pela Global Fisio, Clinica de Fisioterapia em Foz do Iguaçu – Pr. Atualmente trabalho ainda com Futebol Profissional na equipe do Foz do Iguaçu Futebol Clube (Primeira divisão Paranaense).

Contato: 45 99450306

E-mail: [email protected]

Instagram: @dockirihara