O conceito de uma dieta rigorosa como conhecemos e que há algumas décadas era aplicada, hoje já não existe mais.

Desde 1990, o cenário das práticas de alimentação e nutrição tem mudado muito. E com as mudanças muitos comportamentos também.

O texto que trago hoje é baseado numa reflexão da professora adjunta no Departamento Ciências da Nutrição, Escola de Nutrição, Universidade Federal da Bahia, também Mestre em Educação dos Profissionais de Saúde, University of Dundee, Escócia e é Doutora em Ciências Sociais, PUC-SP, Lígia Amparo da Silva Santos.

Segundo a Doutora e Mestre Lígia Amparo, as práticas de alimentação e nutrição mudaram não só no conceito e na escolha de uma boa saúde, mas também no comportamento das pessoas que buscam emagrecimento.

Se tem observado que cada vez mais pessoas procuram a internet para escolher sua estratégia de emagrecimento.

Muitas procuram um conjunto de ações estratégicas combinando três elementos fundamentais: o estímulo e motivação com um forte apoio psicológico e de marketing; “comer de tudo” com a promessa de não abrir mão do prazer e o “sem passar fome”.

E este conceito é um fato.

Nesta busca por uma forma eficaz para emagrecer, observou-se que a grande maioria é atraída por conceitos do que deu certo ou não para alguém e nas diversas formas de apresentar o processo de emagrecimento, seja através de dietas ou planos alimentares, excluindo isso ou aquilo da sua alimentação.

Na contrapartida, a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade (ABESO) é clara neste sentido: “Diga não às dietas e sim à reeducação alimentar”.

“Dieta” palavra pequena, mas, para muitos, tem começo e fim determinados. E justamente por isso é que muitos começam e param seu emagrecimento, não conseguindo levar adiante seu sonho de um corpo saudável ou de entrar naquela roupa tão desejada.

Como já dito antes, este estudo observou que os 3 conceitos mais influentes em todos os argumentos para o tema “emagrecimento” em mais de 336 sites cadastrados e 74.800 sites relacionados englobando esse tema, são sempre os mesmos.

Observou-se que todos combinam três elementos fundamentais:

  • O estímulo e motivação com um forte apoio psicológico e de marketing;
  • A promessa de não abrir mão do prazer;
  • E o como controlar o apetite.

Evidentemente, a promoção de um conjunto de outros elementos também se faz presente e o principal deles é a atividade física.

Ao observarmos estes conceitos, como o próprio artigo diz na sua íntegra usando o termo “ressiginificar a alimentação”, temos características suficientes para perceber que:

  1. Para o processo de emagrecimento ser mesmo efetivo, você tem que ser responsável por começar e por continuar para chegar ao fim dessa jornada.

Isto significa que, para ter motivação e estímulo, você tem que querer mudar e começar a se olhar de outra forma, com mais carinho e respeito por si mesmo. Ninguém fará isso por você, pois a iniciativa tem que ser sua.

Se tiver que buscar ajuda para isso, faça. Busque um psicólogo, um terapeuta e até um coach de emagrecimento.

        2. A promessa de não abrir mão do prazer. Comer de tudo!

Sim, é possível. Hoje quase todas as receitas podem ser feitas com menos gordura saturada, todas podem ser feitas com menos ou nenhum açúcar, muitas pode ter substituição do adoçante por frutas ou outros alimentos menos nocivos à saúde.

É claro que, em algum momento, você tem que decidir o que é melhor ingerir. É sua responsabilidade. O corpo é seu!

      3. Controlar o apetite. Como, com tanto apelo visual?

Bom, existem algumas estratégias:

Ao fazer compras, evitar os corredores que tem nas prateleiras aqueles alimentos que te levam a comer obsessivamente e descontroladamente. Também evitar comprar alimentos que estão fora da sua reeducação alimentar. Procurar um especialista que possa te ajudar no combate à compulsão alimentar é uma excelente estratégia.

Todas as estratégias são válidas, desde que sejam observadas mudanças no hábito alimentar do individuo para que ele atinja seus resultados de emagrecimento.

A internet está cheia de ideias de receitas, motivação, enfoque para a responsabilidade individual de cada um nesse processo de transformação.

Mas é um fato: Você é o único responsável pelo seu emagrecimento e pela forma com que o faz.

Aqui no blog temos muitas dicas de motivação, receitas e dicas para emagrecer. Recentemente falamos da dieta cetogênica.

Mas nada funcionará se você não se reeducar. E reeducar significa aprender de novo!

Como todo aprendizado é para a vida, reeducar sua forma de se alimentar também será para a vida toda!


Fonte: http://www.scielo.br/pdf/physis/v20n2/a07v20n2.pdf