overtraining

Nós que treinamos, sempre ansiosos por resultados, frequentemente nos pegamos com aquele pensamento: “QUANTO MAIS MELHOR” ou então “SÓ MAIS UM POUQUINHO”. Não é incomum ver alguém fazendo uns exercícios a mais que o indicado pelo professor, ou então alguns Kms a mais do que o estipulado em sua planilha.

MAS ESTÁ ERRAAAAAAAAAAAADO !!!!

Quando falamos de treinamento, resultados, performance e saúde, muitas vezes o famoso “menos é mais” é a frase mais adequada para que cheguemos aos nossos objetivos.

O excesso de treinamento é rotineiro entre praticantes de qualquer atividade. A busca pela constante evolução e a ansiedade por resultados maiores, frequentemente nos trazem um antigo problema: OVERTRAINING!

d2c0e2b1ccfabe4f5a2ce3aa02212ad0

MAS O QUE É O OVERTRAINING ?

Simplificadamente o overtraining se trata de uma fadiga generalizada do nosso corpo. Normalmente chegamos a esse problema por excesso de treinamento combinado a uma dieta não adequada ou insuficiente para as necessidades geradas por nosso treinamento.

Quando treinamos, nosso corpo ativa uma série de mecanismos buscando suprir todas necessidades geradas pelo esforço. Com o descanso e alimentação adequada nosso corpo se recupera do treinamento e processos compensatórios em diversos níveis celulares ocorrem para que cada vez fiquemos mais condicionados e nos recuperemos mais rapidamente.

Mas obviamente esse processo não é ilimitado. E ai que está o grande problema, quando passamos dos limites e nosso corpo não consegue acompanhar nossa exigência.

tired-runner-631x421

COMO SABER QUE VOCÊ ESTÁ COM OVERTRAINING ?

Alguns sintomas podem sugerir que está passando dos limites, então fique ligado. Eles são:

-Aumento do tecido adiposo e diminuição da massa magra (sem que haja mudança na rotina de treinamentos)

-Queda de rendimento físico

-Frequência cardíaca elevada em repouso

-Insônia

-Diminuição do apetite

-Queda de libido

-Sensações depressivas (desânimo, tristeza sem motivo, irritabilidade)

-Diminuição da resposta imunológica

Além de todos esses sintomas, inúmeras alterações hormonais e fisiológicas ocorrem em nosso corpo, que só poderão ser diagnosticadas por exames laboratoriais.

 

COMO TRATAR O OVERTRAINING ?

Ok, você está com overtraing. E agora ?

O tratamento, quando identificado o problema é simples. Em casos mais leves uma simples diminuição drástica no treinamento e melhora na ingestão de alimentos pode resolver o problema.

Em casos mais graves a interrupção de qualquer atividade física por certo período é necessária, aliada a maior ingestão de alimentos, obviamente alimentos de boa qualidade.

Portanto, confie sempre seu planejamento a profissionais capacitados para isso. Um bom educador físico e um nutricionista são indispensáveis para quem deseja treinar em alta intensidade.

Uma dieta inadequada e um programa de treinamento excessivo, além de não te ajudar chegar aos seus objetivos, irá boicotar todos os seus resultados.

Então meu amigo e minha amiga, acredite. Quando falamos de treinamento e resultados, muitas vezes MENOS É MAIS.

Bons treinos e sem abusos, hein ?!

Eu sou Leandro Teixeira (@le_teixeira), Educador Físico, colunista do Blog da Loris e responsável pelo #TeamLeTeixeira !

Contato: [email protected]