Toda vez que você se imagina correndo, sente que seria muito difícil, quase impossível fazer isto? Acha mesmo que jamais se encaixaria no perfil de um corredor profissional? E com seus objetivos de vida, aquelas coisas que só você sabe como fariam diferença se realmente acontecessem? É assim mesmo que você enfrenta os obstáculos?

Quero crer que não, até porque como aquela história da criança que diz que não gosta de tal legume sem nunca ter provado, pode ser a mesma sobre uma pessoa que diz que correr é chato e cansativo. Pelo contrário, você pode se surpreender positivamente e se perguntar: “Como eu demorei tanto para experimentar a corrida?” ou “Que sensação maravilhosa é essa!”  Levante, calce seus tênis e vá correr. Só pense no ritmo, ouça sua respiração, ouça seus passos e vá em frente. É uma sensação de liberdade.

Sinta-se livre quando correr.  Não se preocupe com nada, só com correr. Quando você fizer isso passará a correr mais e melhor, tenha certeza!

Só que para fazer isto com mais eficácia e mantendo a sua condição física íntegra, passe por uma avaliação médica e verifique como está sua saúde. Procure, de preferência, um cardiologista e um ortopedista. Os especialistas vão analisar a saúde do coração (muito exigido nessa prática) e a qualidade dos músculos e ossos, para evitar lesões ortopédicas.

Escolha um bom tênis e uma roupa leve

Esses dois itens são ideais para você conseguir praticar o esporte confortavelmente. Para escolher o tênis, o ideal é analisar qual é o seu tipo de pisada, e isso pode ser feito na consulta ao ortopedista.

Elas variam entre neutras (pisada correta), supinadas (quando há rotação externa excessiva do pé) ou pronadas (quando há rotação interna excessiva do pé). Entenda pelo gráfico a seguir:

tipos-de-pisada

As duas últimas podem influenciar na postura, deixando-a mais inclinada, e os tênis apropriados para cada pisada conseguem corrigir o desvio por meio de um mecanismo de compensação que alinha a coluna, melhorando o desempenho nas corridas. Caso não seja possível adquirir um tênis específico, escolha um que seja projetado para corrida e equipado com amortecedores.

Já as roupas devem ser leves e compatíveis com as condições climáticas. Dê preferência para peças com tecnologia dry-fit, que além de serem leves permitem a evaporação rápida do suor (os fios da parte interna do tecido absorvem a umidade do corpo e os fios do lado externo ajudam na sua evaporação).

Comece devagar, sem vergonha de correr um pouquinho, andar, correr de novo e andar mais uma vez. O importante é continuar. Em pouco tempo, naturalmente o seu corpo se adequará à rotina de corrida e você se verá correndo por vários minutos.

No começo, preocupe-se mais com o tempo de treino do que com a intensidade. Isso faz com que o corpo se adapte à atividade e prepare melhor os músculos que depois poderão ser submetidos a intensidades maiores. Inicie com uma caminhada moderada de 30 minutos e permaneça nesse treinamento até você se sentir pronto para incluir trotadas (caminhada mais acelerada) na atividade.

Alguns Aplicativos que podem ajudar na sua corrida:

RUNKEEPER 
Para: iPhone, Android e Windows Phone 7 (gratuito). 

Pede um aparelho com GPS para registrar a distância, a velocidade e o relevo do percurso. As informações ficam armazenadas numa rede social só para usuários do aplicativo. Ali, você pode comparar seu desempenho com dados anteriores ou com sua rede de amigos.

RUNASTIC
Para: iPhone, Blackberry, Android e Windows Phone 7

Além de guardar tempo, distância, gasto calórico, velocidade, elevação e localização do terreno, monta treinos de acordo com seu objetivo, como se fosse um personal trainer. Você pode registrar
dados manualmente, para quando você estiver indoor ou onde não houver sinal de GPS.

NIKE + GPS 
Para: iPhone e iPod (1,99 dólar). 

Informa todos os dados do trajeto e envia para a comunidade Nike+, onde dá para interagir com outros usuários. É possível programar a ferramenta para enviar feedbacks sonoros a cada meta cumprida e ativar a função Power Songs, que faz tocar uma música escolhida para cada fase do reino.

Fundamental para o treino de corrida: Hidrate-se. Vá bebendo água aos poucos, mas nunca esqueça de fazê-lo até mesmo quando não sentir sede. Como se trata de um exercício de movimentação onde praticamente todos os grupos musculares necessitarão de água e minerais, você deve repor corretamente! A hidratação deve ser feita antes, durante e depois da atividade.

Se depois de tudo o que falamos sobre começar a correr você ainda não se convenceu totalmente, abaixo tem um vídeo motivacional bem legal! Bom vídeo e bons treinos!