Olá,  tudo bem com você? Carnaval acabou, para muitas pessoas o ano começa  de verdade agora e nada melhor do que falarmos sobre hipo e hipertireoidismo. Vamos desvendar os mitos aqui!

hipotireoidismo-hipotireoidismo

Hipotireoidismo engorda? Hipertireoidismo emagrece? Antes de falarmos da parte nutricional vamos entender o que são hipo e hipertireoidismo.
Hipo, ou seja, pouco hormônio tireoidiano, é o problema no qual a glândula da tireóide não consegue produzir hormônios suficientes para a necessidade do organismo.

tireoide (1)

A tireóide é um órgão localizado na região anterior do pescoço, apesar de pequeno ele comanda dois hormônios T3 e T4, esses hormônios controlam nossas células responsáveis pelo nosso metabolismo. Essa produção é regulada pelo TSH que funciona como uma tomada, se os hormônios T3 e T4 estão altos como é o caso do hipotireoidismo o TSH fica desligado e os níveis no sangue caem.

sintomas-hipotireoidismo-cansaco-boa-forma Nesse caso, sonolência, unhas e cabelos quebradiços, dificuldade em perder peso são alguns dos sintomas do hipotireoidismo.

Ah, está vendo! Hipotireoidismo engorda! Vamos com calma, o que engorda são doces e lanches e falta de exercícios.

Assim que diagnosticado o hipo, logo o médico regula através do medicamento e esse problema está resolvido.

tireoide
Talvez seja esta uma das razões pelas quais instintivamente os frutos ocupam lugar no desjejum: além do paladar mais fácil, existe uma interação de favorecimento entre alimentos de alto índice glicêmico e a nossa tireóide, conhecimento que é importante para qualquer profissional. Antes de se aumentar a dose da medicação de um hipotireoídeo por exemplo, vale a pena checar se a alimentação deste se adéqua a suas necessidades e se está adaptada a favorece-lo estrategicamente nas situações que seriam limitantes na vida dele.
Portanto aliar medicamento à uma alimentação adequada é o ideal, sempre procure um nutricionista para auxiliá-lo nisso e um bom endocrinologista para acompanhá-lo, sempre verificando sua função tireoidiana.

Por outro lado temos o hipertireoidismo que seria o excesso da produção dos hormônios da tireóide.
Existem várias doenças que podem causar esse problema, tais como:

Hipertiroidismo-500x325

-Ingestão excessiva de iodo

-Doença de Graves (responsável pela maioria dos casos de hipertireoidismo)

-Inflamação da tireoide (tireoidite) devido a infecções virais ou outros motivos – como a tireoidite após o parto
-Tumores não-cancerígenos da tireoide ou da glândula pituitária
-Superdosagem de hormônio da tireoide
-Tumores nos testículos ou ovários.
Os sintomas também são vários e assim que observados deve-se procurar um especialista.
-Perda de peso repentina, mesmo alimentando-se da mesma forma de sempre
-Taquicardia (mais de 100 batimentos cardíacos por minuto), arritmia e palpitações
-Aumento no apetite
-Ansiedade, irritabilidade e nervosismo
-Tremor nas mãos e nos dedos
-Suor excessivo (sudorese)
-Mudanças na menstruação
-Intolerância ao calor
-Mudanças no funcionamento do intestino, com evacuações frequentes
-Bócio (glândula tireoide visivelmente aumentada) ou nódulos na tireoide
-Fadiga e fraqueza muscular
-Dificuldade para dormir
-Afilamento da pele
-Cabelo quebradiço (perda de cabelo)
-Inquietação

Na alimentação devemos tomar cuidado com o excesso, mas também com a falta do sal na alimentação!

tireoide-evitar-comer-sal
Vejo muitas pessoas retirando sal da dieta, lembre-se, falta de iodo pode levar ao hipotireoidismo, usem sempre sal iodado.
O excesso além de pressão arterial elevada pode levar ao hipertireoidismo pelo excesso de iodo, mas isso vale também para quem consome muita comida japonesa, não apenas no shoyu, os peixes são ricos nesse mineral, como por exemplo o salmão que é muito utilizado.

Fiquem atentos aos sintomas, façam exames de sangue periodicamente, visitem seus médicos e procure sempre um nutricionista. O dever dele é ajudar o paciente a melhorar esses sintomas quando diagnosticado pelo médico.

Ótima dieta e treinos!

Vinicius Bearari Ribeiro
CRN:27450