Tivemos uma boa conversa aqui no site com o Dr Luiz Henrique Rigatti, falando sobre dieta cetogênica, não é mesmo?

Falamos sobre como o corpo pode usar a gordura com combustível para queima de mais gordura do nosso corpo. Aprendemos como praticar a dieta cetogênica no dia a dia.  E também aprendemos como a dieta cetogênica beneficia nosso corpo bem como a importância da água para que todo esse processo flua de maneira correta e sem dificuldades em teu corpo.

Vamos responder algumas perguntas que nossos leitores fizeram sobre a dieta cetogênica, lembrando sempre que é muito importante ter um dialogo franco e aberto com sua ou seu nutricionista e ou endocrinologista.

Perguntas e Respostas 

A dieta cetogênica é para todos, qualquer pessoa pode fazer?

Resposta: Quando ainda na barriga de nossa mãe basicamente nos alimentávamos de gorduras, dentro da placenta, então se formos seguir esta linha de raciocínio sim, é para todos. Entretanto, ao nascermos, devido à cultura de nossas famílias nossa alimentação muda radicalmente e passamos a consumir muita coisa que nem deveriam ser ingeridos, como os alimentos industrializados. E devido a esta alteração nos hábitos das pessoas e na sociedade de modo geral, a dieta cetogênica pode ser para você desde que haja acompanhamento com nutricionista e se você tiver algum problema de saúde, também com seu médico.

Porque a dieta cetogênica emagrece?

Resposta: É preciso compreender como funciona a dieta para então entender porque ela emagrece. Nesta dieta existe um processo metabólico, esse processo se chama Cetose, que é quando o corpo fica esgotado de carboidratos e o fígado começa a converter gorduras em ácidos graxos e corpos cetônicos, que por sua vez serão usados para dar energia a você. São estes corpos cetônicos que irão substituir o carboidrato como fonte de energia. E a grosso modo de dizer, seu corpo em vez de queimar o carboidrato ingerido na alimentação, ele começa a usar as reservas de gordura do seu corpo. Por isso está dieta é muito específica, pois para cada individuo é um ser único com um metabolismo diferente do outro e mais uma vez a importância de se ter um acompanhamento com seu nutricionista.

Quem tem diabetes pode fazer dieta cetogênica?

Resposta: Sim pode quem tem diabetes tem resistência insulínica. Esta resistência insulínica vem do excesso de insulina e carboidrato ingerido pelo indivíduo. Segundo uma entrevista para o canal Sua Saúde Dr. Lair Ribeiro  menciona no caso do diabetes tipo 2  a dieta cetogênica é completamente indicada, justamente porque  há uma baixa ingestão de carboidratos e assim sendo há até a possibilidade de reverter este tipo de diabetes.

Quem tem hipoglicemia pode fazer a dieta cetogênica?

Resposta: Sim pode. Entretanto, é importante investigar a causa de sua hipoglicemia. No caso da hipoglicemia reativa, que é quando ocorre após o consumo de um alimento de alto índice glicêmico, a elevação súbita da glicemia  que leva a uma produção exagerada de insulina, que por sua vez leva a uma correção excessiva da glicemia para níveis abaixo do normal, temos aqui um indivíduo com resistência insulínica, e para este caso a resposta é a mesma da anterior. Lembrando sempre que é importante acompanhar sua dieta e evolução com seu nutricionista e seu médico.

Como essa dieta afeta os epiléticos e porque essa é a dieta para quem sofre dessa doença?

Resposta: Essa dieta afeta positivamente os epiléticos em especial crianças, pois seu organismo ainda está em formação, no entanto agirá positivamente em adultos também. Quando esta dieta é ingerida, permite-se uma incompleta queima de gorduras pelo fígado resultando em corpos cetônicos, é estes corpos cetônicos que serão utilizados para a produção de Cetose e é neste estado que  se permite o tratamento das  crises de epilepsia fazendo com que haja uma diminuição das crises. Indicada inclusive nos casos em que só os remédios não dão conta da diminuição das crises. Mas volto repetir, caso você tenha um ente querido em tais condições é importantíssimo que este indivíduo seja acompanhado por seus médicos e seu nutricionista e neste caso também um neurologista. (fonte: http://www.epilepsiabrasil.org.br)

Estou amamentando, baixo carboidrato e alta gordura também é benéfico e seguro nessa fase?

Resposta: Segundo Dr. José Carlos Souto em seu blog durante a gravidez e a amamentação ainda não há registros de pesquisas que evidenciem a eficácia e até mesmo os efeitos da dieta cetogênica neste caso em específico, não porque é ruim de  maneira alguma, mas porque não há pesquisas cientificas suficiente para um bom embasamento. Então vale a regra: Converse com seu ginecologista e seu pediatra.

Como ficam as crianças em fase de crescimento, também é viável que tenham uma dieta com baixo carboidrato, frutose e sem grãos?

Resposta: Sim é viável e saudável que crianças não tenham acesso ao excesso de carboidratos, ao açúcar, é importante que comam carnes de boa qualidade, gorduras de boa qualidade e tenha uma alimentação sem industrializados, mas para seguir uma dieta como a dieta cetogênica é importante consultar seu pediatra.

Tenho o colesterol alto, posso fazer a dieta cetogênica?

Resposta: Primeiro é importante que se entenda o seguinte, você vai ter sim um aumento dos níveis totais de colesterol no sangue, mas ao fracionar perceberá que o colesterol que agarra nas paredes das veias e que causa o entupimento, este, não tem aumento. Outra coisa, colesterol não é gordura. O colesterol é um álcool, que é produzido a partir dos carboidratos, o colesterol não vem das gorduras vem do excesso do carboidrato.

Sou praticante de atividades físicas intensas, quase um atleta, posso fazer a dieta cetogênica?

Resposta: Esta resposta eu trouxe na integra do site  Doutores do Vale, site do Dr. Luiz Henrique Rigatti, veja:

“Carboidratos não são necessários para a musculação e demais atividades físicas.” O site também explica que a atividade física pode ser dividida em treinamentos aeróbicos e anaeróbicos.

“A função fisiológica do exercício que visa o emagrecimento não é queimar calorias.

O exercício deve:

  • Aumentar a sensibilidade à insulina. Assim precisamos menos dela e facilitamos o acesso do corpo à gordura estocada.
  • Liberar hormônios favoráveis à queima de gordura, como o GH e as catecolaminas.
  • Produzir massa magra para aumentar nossa taxa metabólica basal.

“Os exercícios adequados a este objetivo são de alta intensidade e intervalados – como o HIIT – ou musculação com cargas progressivas; carboidratos são completamente desnecessários após 14 dias de ceto-adaptação.”

Como vou saber se estou em Cetose?

Resposta: Existem algumas características em que é possível perceber se esta em Cetose ou não, mas cabe informar que tudo dependerá do objetivo que deseja com a dieta, se o objetivo for emagrecer, ao perceber que esta emagrecendo já perceberá se a dieta esta fazendo o efeito desejado ou não.

Mas vamos a algumas características:

  1.  Mau hálito, depois de 2 ou 3 dias esse efeito que na verdade é um efeito colateral passa.
  2. Supressão de apetite: Algumas pessoas depois de alguns dias percebem que não tem mais aquela fome exagerada de antes.
  3. Melhora do foco e da energia: Por causa da produção de cetonas que é um alimento para o cérebro não raro você ouvirá de quem faz esta dieta relatos como este.
  4. Perda de peso: Devido à mudança de hábitos e a ingestão adequada para seu peso altura e idade, percebera em poucos dias esta característica.

Com certeza haverá diversas dúvidas sobre esta dieta. Mas como sempre falamos aqui no site e também pelas redes sociais, é importante estudar sobre tudo o que lhe interessa, portanto caso fique mais alguma dúvida nos procure aqui no site ou mesmo pelas redes sociais. E mais uma vez relembrando, procure seu médico endocrinologista, seu nutricionista para que ele possa te orientar da melhor maneira possível.