Como no SnapChat “TiaLoris” fez o maior sucesso o assunto do único sanduíche não Fit que faz muito bem consumir à vontade, aqui está a matéria elaborada pelo meu Life Coach Márcio Lopes!

Bom apetite!

 

O Feedback Sanduíche
feedback-como-fazer-da-forma-correta-8-638

 

 

Todos nós já passamos por situações onde precisamos falar alguma coisa para alguém cujo conteúdo não é “tão” legal assim. Essa é uma realidade dentro das organizações e nas relações de trabalho. O fato é que nosso crescimento verdadeiramente só acontece em qualquer área ou relação se soubermos, de verdade, que estamos errando e onde estamos errados.

Líderes e chefes se vêem em saias justas muitas vezes ao ter que corrigir posturas ou atitudes em funcionários e não saber fazê-lo. Para isso, líderes coaches usam essa ferramenta simples e muito, mas muito eficaz. Ela se chama Feedback Sanduíche. Feedback vem do inglês: Feed- alimentar e Back – volta, ou seja, retroalimentar. Dar bons feedbacks é essencial no processo de desenvolvimento pessoal
A técnica do sanduíche consiste em você fazer um elogio ou destacar pontos fortes primeiro, sugerir as melhorias e o que precisa ser mudado ou corrigido apontando assertivamente o erro e como corrgir e fechar com características positivas da pessoa que possam ser usadas para o novo padrão de comportamento.
Esse método é eficaz e útil pelo simples fato que ele evita o que nós chamamos de “sequestro de amígdala” no cérebro. A amígdala faz parte do nosso cérebro mais primitivo, instintivo. Quando estamos sob ameça, nos sentido acuados ou com medo a amígdala dispara uma série de neurotrasmissores no cérebro para agir de acordo com o que se pede. Hora, se eu chego pra alguém, com raiva, e querendo que essa pessoa me ouça, o que o cérebro dela vai fazer ao perceber que você está com raiva? Se proteger, ou seja, inundar-se de neurotrasmissores da raiva e proteção. É nesse momento em que a pessoa simplesmente fica cega, surda e completamente bloqueada para o a outra vai dizer. Já viveram essa experiência? Ir falar com alguém e ela estar completamente armada (até os dentes) e simplesmente não prestar atenção em nada que você falou, simplesmente retrucou?
Pois bem, ao usarmos o sanduíche a gente contorna esse feito. Chamamos a pessoa e destacamos um ponto forte ou uma qualidade nela, pode ser um elogio sincero e pontual – esse é o pãozinho de cima. Então falamos sobre o assunto que precisamos falar, que é o recheio, onde realmente ela precisa saber o que precisa mudar, sendo o mais claro e assertivo possível. Daí, dito o que precisa, fechamos com qualidades da pessoa e dando a certeza de que a ideia é que a relação se mantenha sólida e firme – o segundo pãozinho.
Esta técnica é ótima para relações sociais – TODAS ELAS. Experimentem com seus namorados, pais, irmãos, amigos, colegas de trabalho.

Vou colocar aqui um exemplo dentro de uma relação entre dois amigos:

Amigo 1: Amigo, preciso falar uma coisa contigo. Pode ser agora?
Amigo 2: Claro, diga lá!
Amigo 1: Cara, valorizo demais a nossa amizade. Nesses anos todos que temos convivido tenho visto como nós crescemos e como fizemos um bem dado um ao outro nessa jornada. Que bacana é poder contar com sua amizade! (pãozinho)
imagem-01-desenhoAmigo 2: Nossa, que bacana! Obrigado cara!
Amigo 1: Pois é, por isso tenho a liberdade de falar contigo sobre algo que me incomodou semana passada quando estávamos na balada. Você curtiu bastante aquela noite, se empolgou, ao final você já estava alterado e então todos nós tentamos falar contigo sobre não dirigir e que você deixasse ou alguém dirigir seu carro ou ir de UBER e no outro dia buscarmos o carro. Você foi rude conosco, que só queríamos cuidar de você. Minha preocupação é que isso tem sido constante, as recentes vezes se repete o cenário e todos ficamos constrangidos em falar com você, pelo seu bem e cuidado. (recheio)
Amigo 2: … nossa, não percebia isso.
Amigo 1: Pois é, por isso tomei essa liberdade porque valorizo muito a sua companhia, a parceria e gostaria que a gente cultivasse essa amizade por longos anos. Por isso é importante você cuidar da sua vida e não beber e dirigir e além disso abrir esse caminho de verdade entre a gente, que se importa contigo, que é um cara fantástico!

Perceberam que o que precisava ser dito, foi! Essa é uma habilidade de comunicação que pode e deve ser praticada por todos, em todas as relações! Experimentem sem economia. Todas os seus relacionamentos agradecem!
Grande abraço!

 

Marcio Lopes
Executive e Life Coach
@Marciosl1
SNAP: marciosl1

Ei, quer saber mais sobre Coaching e como você pode melhorar a sua vida com ele? Assista a esse vídeo curto abaixo! Você vai adorar!