Muitas pessoas optam pela prática de atividades físicas no período matutino. Como proceder em relação à alimentação nestes casos? Entenda melhor!

Estudos recentes apontam para novas direções em relação a exercícios matinais. Muitos falam sobre benefícios de iniciar o dia com atividades físicas. Outros dizem preferir ao fim de suas jornadas, como forma de “descarregar” o peso das responsabilidades no decorrer do dia. A questão é individual e possui diferentes pontos a se atentar, como a alimentação adequada.

A opção pela realização de exercícios no período da manhã é completamente válida. Se todos tivessem o dilema de qual horário é o mais adequado para fazer exercícios, talvez o mundo não vivesse uma epidemia de obesidade. O importante, de fato, é se movimentar. Sair do sedentarismo.

Para tal, os horários podem trabalhar a favor, e não o contrário. A opção por exercícios na parte da manhã é interessante por diversos fatores. Entre eles é possível apontar o metabolismo que se coloca em atividade no começo do dia. Este ponto acaba influenciando em como o corpo queimará calorias no decorrer do dia.

Estudo e alimentação

Novas pesquisas apontam para o fato de que exercícios realizados na parte da manhã podem ser mais produtivos para emagrecimento. E o detalhe: em jejum. De fato, o metabolismo vai acelerar e impedir cargas de insulina pela manhã. Os gastos calóricos tendem a ser maiores e sem ganhos em recompensa durante o restante do dia.

O fato é que esta prática também apresenta riscos para o indivíduo. Com taxas baixas de insulina e sem devida ingestão de reservas energéticas como carboidratos (na forma de café da manhã), pode levar à hipoglicemia. Além disso, as atividades podem levar a tonturas, problemas gástricos como refluxo e enjoos.

Os resultados obtidos em relação a exercícios matinais são interessantes na área de combate à obesidade. Contudo, existem os perigos citados. Para eliminar as dúvidas, o ideal é realizar um trabalho individual aonde as especificidades de cada organismo são levadas em conta. Para tal, o ideal é o acompanhamento de um profissional da área da medicina esportiva.

Prazer e atividade física

É essencial estar atento e ativo. Eventuais dificuldades durante os exercícios podem desestimular uma prática rotineira. O ideal é aderir ao exercício no dia a dia de forma prazerosa, interessante e adequada aos hábitos de cada um.

O emagrecimento saudável pode ser alcançado de maneira completa e eficaz de acordo com o indivíduo. Uma prática que pode prejudicar a periodicidade das atividades deve ser realizada com cautela. Não deixe de consultar um especialista em medicina esportiva para verificar precisamente as melhores praticas.