Já aconteceu de algo desagradável desencadear uma série de outros problemas ainda piores, destruindo o seu dia completamente?

Culpa do universo, certo? Errado!

Na verdade, o culpado pode ser você mesmo, já que 90% das coisas que acontecem na nossa vida dependem unicamente da nossa REAÇÃO perante as mais diversas situações.

Gosto muito inclusive do Livro Em busca de Sentido – do autor Viktor Frankl que é uma verdadeira lição sobre isto. 

E é isso que afirma o “Princípio 90/10“, criado pelo escritor norte-americano Stephen Covey, autor de best sellers sobre produtividade.

Sua teoria sugere que apenas 10% dos acontecimentos cotidianos fogem do nosso controle, enquanto todo o restante, os 90%, estão relacionados com a forma como reagimos ao que se passa.

Leia mais em AUTORRESPONSABILIDADE .

Por exemplo, vamos supor que o ônibus que você precisa pegar para chegar à reunião a tempo está atrasado. Ao ficar nervoso, você tenta embarcar em outro ônibus que faça um percurso parecido.

Porém, com a irritação, acaba pegando o ônibus errado e vai parar em um lugar distante. Ao chegar atrasado no escritório, fica ainda mais nervoso, é grosseiro com seus colegas e ainda não rende como esperado na reunião.

Aplicando na Vida

O autor sugere que aplicar esse o “Princípio 90/10” em nossa rotina fará com que tenhamos uma melhor qualidade de vida, com muito menos estresse e sem tanta energia negativa a nossa volta.

Ouviu comentários maldosos a seu respeito? Não seja uma esponja para esses 10%, releve o que ouviu, use os outros 90% para sair dessa situação sem tantos conflitos.

Foi escalado para trabalhar no feriado? Pense no princípio e tire o melhor proveito dessa situação, com a tranquilidade dessa data, que tal usar o tempo para colocar as coisas em ordem? Use os 90% a seu favor.

Covey ainda afirma que as atitudes que tomamos na vida são como um bumerangue, ou seja, o que você manda para o universo terá volta.

Se você emanar estresse, irritação e ódio, uma hora ou outra receberá tudo isso de volta.

Confira ainda sobre SENTIMENTOS TÓXICOS .

 

Poderia ser diferente?

Poderia. Por exemplo se, ao perceber que o ônibus está atrasado, você ficasse calmo e mandasse uma mensagem para os colegas avisando o ocorrido, poderia usar o tempinho de espera para revisar todo o conteúdo a ser discutido na reunião.

Você continuaria atrasado, mas não passaria pelo estresse de pegar uma condução errada, não descontaria o nervosismo nos colegas e chegaria preparado para mostrar suas opiniões à chefia.

Dois finais totalmente diferentes para uma mesma história. O atraso do ônibus faz parte dos 10%, aquele que foge do nosso controle, porém, como você lidou com essa situação e os outros problemas que surgiram a partir dessa escolha, só dependeram de você – os 90%.

 

 

CLIQUE AQUI e conheça o programa que vai mudar a sua vida. Aproveite a oferta especial do Desafio de Emagrecimento Definitivo!

Siga também as minhas postagens nas redes sociais:

Acesse grátis as minhas recomendações de livros

Instagram:@blogdaloris